7/20/2017

Conformismos- Leo Vieira

O escritor está aceitando que escritor nacional nunca vai fazer sucesso. Também está aceitando que nunca irá ganhar dinheiro. Ele também concordou que deve gastar muito mais para ter reconhecimento.
É hora de dar um basta. Ou então, se esta disposto a apanhar mais da vida e ser saco de pancada, então entra no saco.
Quando a gente fica doente, não devemos ficar agonizando questionando a enfermidade. Temos que correr pra solução, antes que o padecimento agrave e acabe com a sua vida.
Não seja um moribundo literário. Tenha opinião e escolha. Se está muito difícil, tenha disposição para aprender como não fazer para sofrer tanto nessa trilha literária, que é tão acidentada.
Aprenda a ser criativo e reverter a situação. Nem sonhe tão alto. Tenha etapas.
São tantas fórmulas criativas pra testar que só depende de sua força de vontade.

Leo Vieira
® Leo Vieira- Direitos Reservados

7/17/2017

Colina- tira 20- Leo Vieira


Colina é uma coala muito arteira e criativa. Vive sonhando acordada e tudo é motivo para  
distração e brincadeiras. Ela é uma das guardiãs do Coliseu dos Quadrinhos.  Acompanhem suas 
travessuras nas páginas assinadas por Leo Vieira.


® Leo Vieira- Direitos Reservados

7/13/2017

A Era da Prostituição Artística- Leo Vieira

Pode parecer forte e agressivo esse tema, mas veja como que hoje um autor é obrigado a escrever o que não gosta. Em nome de modinhas literárias, muitos estão embarcando e encarando o desafio como um teste de sobrevivência. A questão é que em nosso emprego civil, temos que aprender a gostar do que faz. Gostar de ser pontual, de tornar a atividade organizada, manter a sua mesa limpa, ser acessível à equipe e aos superiores, etc. Essas regras tornam o dia produtivo e mantém vida longa no emprego. 
Tais mudanças literárias fazem o autor assumir um estilo que não é dele, se deixar influenciar pelo modismo literário alheio, causando mudança de pensamentos e de rumos. Isso se leva no caminho da política, religião e demais escolhas. 
Escritores: se valorizem! Não queiram se envolver em tudo somente para agradar.

Leo Vieira


® Leo Vieira- Direitos Reservados

7/10/2017

Colina- tira 19- Leo Vieira

Colina é uma coala muito arteira e criativa. Vive sonhando acordada e tudo é motivo para
distração e brincadeiras. Ela é uma das guardiãs do Coliseu dos Quadrinhos.  Acompanhem suas
travessuras nas páginas assinadas por Leo Vieira.


® Leo Vieira- Direitos Reservados


Colina- tira 18- Leo Vieira

Colina é uma coala muito arteira e criativa. Vive sonhando acordada e tudo é motivo para  
distração e brincadeiras. Ela é uma das guardiãs do Coliseu dos Quadrinhos.  Acompanhem suas 
travessuras nas páginas assinadas por Leo Vieira.


® Leo Vieira- Direitos Reservados

7/06/2017

A Era a Escravidão Cultural- Leo Vieira

É isso mesmo que está no título: estamos nessa fase e poucos percebem. Escritores, músicos e ilustradores estão aceitando viver na humilhação artística. Estão aceitando pagar para apresentar a sua arte, através de antologias e filiações a preços absurdos. Estão aceitando pagar para ter atenção, entre outras coisas. É momento de reverter essa situação. Não é porque o que você faz adjunto ao seu trabalho e estudo que você irá aceitar qualquer imposição alheia em nome da arte. Muitos projetos, participações, inclusões e parcerias precisam de uma pausa de planejamento. Você trabalha de graça apenas pra si mesmo. E esse material que é o seu portfólio; e não fazer uma amostra grátis diferenciada. Há uma frase que diz: "pra que eu vou comprar uma vaca, se eu tenho onde ganhar leite de graça?" Tenha o seu preço e valor e aprenda a dizer não.

Leo Vieira


® Leo Vieira- Direitos Reservados

7/03/2017

Colina- tira 17- Leo Vieira

Colina é uma coala muito arteira e criativa. Vive sonhando acordada e tudo é motivo para
distração e brincadeiras. Ela é uma das guardiãs do Coliseu dos Quadrinhos.  Acompanhem suas
travessuras nas páginas assinadas por Leo Vieira.

® Leo Vieira- Direitos Reservados